segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres

Mensagem da Diretora Geral da UNESCO
por ocasião do 
Dia Internacionalpara a Eliminação da Violência contra as Mulheres
A segurança das mulheres perante as alterações climáticas
25 de novembro de 2016

A violência contra as mulheres constitui uma grave violação dos direitos humanos fundamentais e uma ameaça para milhões de raparigas e de mulheres em todo o mundo. Ao longo da sua vida, pelo menos uma em cada três mulheres foi espancada, obrigada a ter relações sexuais ou vítima de outro tipo de maus-tratos. Sociedades inteiras são afetadas pela violência, que pode ser física, sexual (assédio sexual, coerção ou discriminação) ou psicológica (violências verbais ou psicológicas tais como o assédio moral ou o ostracismo).
Neste Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, a UNESCO chama a atenção para as alterações climáticas e a escassez dos recursos enquanto fatores de violência contra as mulheres – em casa, na rua ou em caso de desastre natural causado pelo clima.
As alterações climáticas multiplicam as ameaças: podem acentuar os fenómenos de migração e de deslocação das populações, e causar más colheitas ou inundações, com graves repercussões sobre as famílias e os meios de subsistência. Vários estudos mostram que as mulheres são responsáveis por 65% da produção alimentar doméstica na Ásia, 75% na África Subsaariana e 45% na América Latina. Os papéis tradicionalmente desempenhados pelas mulheres são frequentemente aqueles que as expõem aos riscos decorrentes das alterações climáticas, tornando-as vulneráveis à violência enquanto percorrem todos os dias dezenas de quilómetros para assegurar o aprovisionamento em alimentos, água e lenha, ou quando se encontram deslocadas ou em situação de precaridade após um desastre natural. A perda dos meios de subsistência e a pobreza também podem agravar a violência doméstica devido às
pressões económicas e fazer perdurar práticas como a mutilação genital feminina e o casamento das crianças.
A UNESCO envida esforços em todos os setores para reforçar a resiliência face às alterações climáticas, integrando as questões de género em todas as suas ações. Através de numerosas parcerias e iniciativas, a UNESCO promove a ideia de que as mulheres e as raparigas são fundamentais na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no que respeita à gestão dos recursos hídricos e à preparação para os riscos de desastre.
Sabemos que as emissões de gases com efeito de estufa têm consequências nefastas para o planeta. Também temos que reconhecer que as alterações climáticas têm um impacto sobre a vida das raparigas e das mulheres em todo o mundo. No momento em que assistimos à entrada em vigor do Acordo de Paris sobre as Alterações Climáticas, e com vista ao êxito da COP-22 que vai ter lugar em Marraquexe, não devemos esquecer metade da população mundial e o imenso potencial que ela representa. As mulheres devem estar no cerne de todas as soluções para fazer frente às alterações climáticas.
Irina Bokova

sábado, 19 de novembro de 2016

Comemoração do Dia Internacional da Filosofia

Caros e caras colegas
Hoje, dia 17 de novembro,  o Departamento de Filosofia do nosso Agrupamento celebrou mais um Dia UNESCO – O Dia Internacional da Filosofia. Entre as múltiplas iniciativas, o Departamento contou com a participação do Centro UNESCO de Paremiologia, dedicado ao estudo e divulgação dos provérbios. Os coordenadores do Centro ofereceram alguns livros sobre o assunto, que serão brevemente colocados na estante “UNESCO” da biblioteca da ESEN. Deixamos aqui os títulos dos mesmos: Pensar Provérbios – Exercitar a PalavraProvérbios de Aperitivo, Desporto, jogos e provérbios: um Património ComumAgenda Proverbial; O Saber das Abelhas e o Sabor do Mel: ProvérbiosDo Ano ao Santo tudo é encanto – Ditos populares ao longo do anoPasseio Cultural na PrimaveraPasseio Cultural no Outono10º Colóquio Interdisciplinar sobre ProvérbiosOs Provérbios na Caça e na Pesca. Finalmente, um livro em inglês: Mr. Elephant`s Disappointement and other stories.
Aproveitamos, igualmente, para publicar a mensagem da Diretora Geral da UNESCO e congratular o Departamento  pela excelente iniciativa, a qual já foi comunicada à Comissão Nacional, bem como à Federação Portuguesa dos Centros e Clubes UNESCO.
Rute Navas (Coord.  Centro UNESCO Ciência, Arte e Engenho – Agrupamento de Escolas Emídio Navarro)

Mensagem da Diretora geral da UNESCO, Irina Bokova, por ocasião do Dia Mundial da Filosofia
17 de novembro de 2016
Este ano celebramos o Dia Mundial da Filosofia imediatamente a seguir ao Dia Internacional para a Tolerância. Esta coincidência é profundamente significativa, dada a ligação entre a tolerância e a filosofia. A filosofia alimenta-se do respeito e da consideração pela diversidade de opiniões, pensamentos e culturas que enriquecem a forma como nós vivemos neste mundo. Tal como a tolerância, a filosofia é uma forma de convivência dentro do respeito pelos direitos e valores comuns. Representa também uma capacidade para ver o mundo através de um olhar crítico, consciente dos pontos de vista dos outros, fortalecida pela liberdade de pensamento, de consciência e de crenças.
Por todas estas razões, a filosofia é mais do que uma disciplina académica: é uma prática quotidiana que ajuda a viver melhor e de forma mais humana. O questionamento filosófico aprende-se e aperfeiçoa-se desde a infância como uma chave essencial para estimular o debate público e defendendo o humanismo, que padece da violência e das tensões do mundo. Esse questionamento não oferece nenhuma solução predeterminada, mas sim uma perpétua busca do questionamento do mundo e visando procurar encontrar o nosso lugar nele. Nesse caminho, a tolerância é tanto uma virtude moral como uma ferramenta prática de diálogo. A tolerância não tem nada a ver com um relativismo ingénuo segundo o qual tudo equivale ao mesmo: trata-se de uma exigência individual de escutar, ainda mais forte, pois é fundamentada no compromisso decidido de defesa dos princípios universais de dignidade e liberdade. Este ano, a UNESCO celebra os aniversários de dois eminentes filósofos, Aristóteles e Leibniz, que contribuíram para o desenvolvimento da metafisica e da ciência, da lógica e da ética. Com vários séculos de diferença e em contextos culturais muito distintos, ambos colocaram a filosofia no centro da vida pública, como um elemento central de uma vida digna e livre. Celebremos também esse espírito, e ousemos abrir espaços para o pensamento livre, aberto e tolerante. Na base deste diálogo, poderemos então construir uma cooperação mais forte entre os cidadãos, as sociedades e os Estados, numa fundação duradoura para a paz. 
Irina Bokova

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Clubes 2016/2017

DIVULGAÇÃO DOS CLUBES A TODOS OS ALUNOS 
EB D. António da Costa e ES Emídio Navarro
A inscrição nos clubes sempre foi essencial para a vida do Agrupamento e este ano não será exceção. Estão finalmente abertas as inscrições para os/as clubistas que queiram proteger o ambiente; viver com qualidade de vida e de uma forma sustentável, desenvolver atividades experimentais nas áreas das ciências, das tecnologias e da robótica.
Para quem gosta de línguas e de viajar, sugerimos os
clubes que integram o Clube Europeu. Para os mais artísticos, aconselhamos a Oficina “Corpo e Movimento”. Para os mais competitivos, propomos a inscrição no Clube Competir+, onde podem participar nos múltiplos concursos de ciência, matemática, línguas, entre outros.
Finalmente chamamos a atenção para um clube novo que conta com animadores profissionais: o
CLUBE do CANTE ALENTEJANO.
Todos os clubes funcionam num espaço próprio e com um horário semanal na ESEN ou na EBDAC.
Para se inscreverem num destes clubes:
  • Clube do Ambiente
  • Clube de Ciência
  • Clube da Qualidade de Vida e Sustentabilidade
  • Clube MICROBOT 
  • Clube Europeu (Alemão, Francês ou Inglês) 
  • Oficina “Corpo e Movimento”
  • Clube Competir+ Clube do CANTE ALENTEJANO 
dirijam-se à Biblioteca da escola (EDAC ou ESEN) onde encontrarão a folha de inscrição com a indicação dos coordenadores, do local e da hora de funcionamento. 

Para mais informações consultem os placares de divulgação dos clubes. 

Querem juntar-se a um clube? 

Inscrevam-se até ao dia 30 de outubro. 

A Coordenadora de Clubes e Projetos, Rute Navas

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Oferta Complementar - temáticas 2016/2017

Finalidade da disciplina de Oferta Complementar 

A educação para a cidadania visa contribuir para a formação de pessoas responsáveis, autónomas, solidárias, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros, com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo.

_____________________________________________________________________Referencial Transversal 
EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO GLOBAL: PENSAR GLOBAL, AGIR LOCAL


______________________________________________________________________Referênciais temáticos

  • Segurança e Paz: viver com os outros   (5º Ano)
  • Património: viver o nosso património   (6º Ano)
  • Ambiente e Sustentabilidade: viver o nosso ambiente  (7ºano)
  • Desenvolvimento Global: viver os nossos direitos (8º Ano)
  • Educação Financeira: viver a nossa sociedade (9ºAno)

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Prémio do Ensaio em Ética e Filosofia

MAIS UM PRÉMIO NACIONAL PARA O AEEN!
A APEFP – Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática vem por este meio informar e congratular o Sr. Diretor que:
O Júri da III Edição do Prémio do Ensaio em Ética e Filosofia já deliberou, de acordo com critérios estabelecidos e objetivos, os premiados deste ano.
O número de ensaios recebidos triplicou o número da edição anterior e na sua maioria ensaios de qualidade, o que tornou a tarefa do Júri mais complicada.
No entanto estão encontrados os Premiados, tendo o Júri considerado o Ensaio do Vosso Agrupamento que remetemos em anexo como tendo sido Premiado com a MENÇÃO HONROSA (2.º lugar) a nível nacional o aluno o João Francisco Gonçalves do 11.º CT3.
A entrega do prémio vai ter lugar no dia 31 de maio, pelas 18h e 30m, no auditório da ESEN, numa cerimónia para a qual estão todos convidados para apoiar o aluno que terá que discursar perante os representantes na APEFP e demais entidades e da Direção do Agrupamento e da Câmara Municipal de Almada.

A Direção têm muito orgulho em ter alunos dedicados como tu!
Texto enviado pela professora Isabel Santiago

terça-feira, 10 de maio de 2016

Boletim Cine 2016 - Filmes em Movimento

Trata-se de uma iniciativa dos professores e alunos das Ofertas Complementares dos 2.º e 3.º
ciclos onde se abordam as temáticas da cidadania a partir do texto fílmico.
A publicação do Boletim CINE 2016, na primeira semana do mês de maio, realça igualmente a
importância da mensagem de Irina Bokova, Diretora geral da UNESCO, por ocasião do Dia
mundial da liberdade de imprensa - 3 de maio de 2016.
"O acesso à informação é uma liberdade fundamental que resulta do direito universal à
liberdade de expressão. Receber e difundir informação on-line e off-line constitui a pedra
angular da democracia, da boa governação e do estado de direito."

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Comemoração do Dia Mundial da Água









Exposição patente no espaço polivalente da EB D. António da Costa com trablhos realizados pelos alunos sobre a temática "Água".







terça-feira, 8 de março de 2016

Sessão "O cinema está à tua espera"

Recensão sobre o filme, Tabu, de Miguel, Gomes, realizada pelo aluno João Gonçalves do 11.º CT3, no âmbito da disciplina de Filosofia, após a participação numa das sessões na Cinemateca.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Exposição Virtual - Os Direitos Humanos uma Cidadania Participada

A exposição virtual pode ser visionada, nos dias 10 e 11 de dezembro, nas bibliotecas escolares da EB D. António da Costa e da  ES Emídio Navarro.
Nela apresenta-se um conjunto de trabalhos dos alunos dos 2.º e  3.º ciclos do agrupamento.
Cada ano de escolaridade aborda os DIREITOS HUMANOS sob o ponto de vista de um tema selecionado:
Educação para a Igualdade de Género (5.º ano)
Educação para o Património (6.º ano)
Educação para o Ambiente Sustentável (7.º ano)
Educação Intercultural (8.º ano)
Educação Financeira (9.º ano)


A seleção das diferentes produções teve em conta as temáticas da cidadania desenvolvidas pelos professores das Ofertas Complementares, implementadas no início do ano letivo 2015-2016.






Os professores das Ofertas Complementares
A equipa do Centro UNESCO Ciência, Arte e Engenho

A equipa das Bibliotecas Escolares

Comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos

Exposição patente na sala polivalente da EB D. António da Costa


segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Exposição "Celebrar a Vitória Defender a Paz"




No âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Direitos Humanos, convidamo-vos para uma visita a esta exposição, cedida pela Biblioteca Municipal de Almada, que estará patente, no átrio da ES Emídio Navarro, de 7 a 11 de dezembro.







A exposição contou com o contributo dos alunos que nos deixam os seus testemunhos sobre os Direitos Humanos, elaborados no âmbito das disciplinas de História, Geografia, Filosofia e Economia.




Estarão ainda expostos alguns trabalhos de alunos desenvolvidos na disciplina de Oferta Complementar.




As equipas da Biblioteca Escolar e do Centro UNESCO

terça-feira, 24 de novembro de 2015

GEOPARK TERRAS DE CAVALEIROS RECONHECIDO PELA UNESCO

GEOPARK TERRAS DE CAVALEIROS INTEGRA OFICIALMENTE A UNESCO GLOBAL GEOPARKS
No penúltimo dia da 38ª Sessão da Conferência Bienal Geral da UNESCO, que teve início a 3 de novembro, em Paris, os 195 Estados Membros da UNESCO ratificaram a criação do novo «Programa Mundial de Geociências e Geoparques da UNESCO - IGGP».
Uma decisão que visa o reconhecimento e valorização holística dos territórios Geoparque.
A UNESCO, que até à data, apenas, apoiava as iniciativas subjacentes aos territórios reconhecidos pelas Redes Europeia e Global de Geoparques, tem agora um programa específico que permite a respetiva integração e reconhecimento pela Organização.
O trabalho da UNESCO com os geoparques teve início em 2001, através da criação da Rede Europeia de Geoparques. Em 2004, com 17 geoparques europeus e 8 chineses, foi estabelecida a Rede Global de Geoparques, que atualmente conta com 120 geoparques distribuídos por 33 países.
O Geopark Global Terras de Cavaleiros que em setembro de 2014 passou a integrar as Redes Europeia e Global de Geoparques vê, agora, o seu território oficialmente reconhecido pela UNESCO.

Informação enviada pelo Geopark Terras de Cavaleiros

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Clubes - Oferta ano letivo 2015/2016

Clubes que irão funcionar na ES Emídio Navarro e na EB D. António da Costa

No âmbito da oferta da Biblioteca Escolar da EB D. António da Costa, será dinamizado o Clube "Leituras Partilhadas", sob a responsabilidade da professora bibliotecária Isabel Braga, com inscrições abertas na biblioteca. 

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Realizador José Fonseca e Costa


Informação disponibilizada por Elsa Mendes, Coordenadora Nacional do Plano Nacional de Cinema.


Na sequência do falecimento do realizador José Fonseca e Costa (1933-2015), e apenas para marcar de alguma forma a importância que atribuímos à obra deste extraordinário criador , enviamos uma pequena nota e alguns links que podem ser úteis para o vosso trabalho pedagógico.








«Fonseca e Costa vinha da geração de cinéfilos e futuros realizadores que deu corpo ao "cinema novo português", mas cedo se tornou uma figura algo dissidente - até por uma questão de gostos. Uma vez contava como, nas tertúlias do café Vává (lugar mítico para a cinefilia dessa geração), era olhado de soslaio pela sua admiração por Antonioni, até ao dia em que os Cahiers du Cinéma fizeram uma capa com o cineasta italiano e ele pôde entrar, triunfante, exibindo a revista aos parceiros de tertúlia.»                                                                                                                                                                   
 Jornal Público, 1/11/2015

«O crítico e historiador de cinema Jorge Leitão Ramos, que ultima uma biografia sobre José Fonseca e Costa, diz que ele foi o único cineasta da sua geração "a conseguir conciliar a vontade do público com o facto de querer fazer um cinema de autor. Da geração do Cinema Novo uns ficaram acantonados no cinema de autor, com pouco público, e existiram outros que se renderam à bilheteira. Ele conseguiu as duas coisas. Nunca fez filmes que não fossem de autor, conseguindo apesar disso obter alguns êxitos históricos de bilheteira.»
                                                                                                                                                                                                                     Jorge Leitão Ramos, Jornal Público, 1/11/2015
  
LINKS
 - https://www.youtube.com/watch?v=sHAn1GnwyRQ (documentário da RTP sobre o realizador JFC, entrevistado por Diana Andringa)

-http://www.apaladewalsh.com/2014/02/conversas-a-pala-4-os-caminhos-de-jose-fonseca-e-costa/ (entrevista ao realizador, no site A Pala de Walsh; é uma entrevista extraordinária, vale a pena ouvir e ver…)
 -http://arquivo.geledes.org.br/acontecendo/noticias-mundo/africa/22607-angola-uma-entrevista-com-o-cineasta-jose-fonseca-e-costa ( uma entrevista com o realizador, publicada em Angola - O Nascimento de uma Nação,  Vol. 2 , O Cinema da Libertação, editora Guerra e Paz, coordenado por Maria do Carmo Piçarra e Jorge António )

-http://bdigital.ipg.pt/dspace/bitstream/10314/847/1/revista%20N%C2%BA15%20-%20Fonseca%20%281994%29.pdf (Estudo sobre  Balada da Praia dos Cães)

LINK para o filme Balada da Praia dos Cães
-https://www.youtube.com/watch?v=3VcCigwI3FU; https://www.youtube.com/watch?v=HWGRrnat6VA ; https://www.youtube.com/watch?v=U6_mQbAQ05Y ; https://www.youtube.com/watch?v=i100XPGEO6E ;  https://www.youtube.com/watch?v=bCIvDm6_UfE  ; https://www.youtube.com/watch?v=Fgoois--97w ; https://www.youtube.com/watch?v=5W83omRooY8   ( A Balada da Praia dos Cães – completo)  
-https://www.youtube.com/watch?v=3VcCigwI3FU&list=PLvpju6o8RCXeANll26ZM6kCDcYwHNqSaL ( Lista de reprodução completa do mesmo filme)

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Curso de Formação Educação para os Media: cidadania, referenciais e práticas

No auditório da ES Emídio Navarro, dia 17 de outubro, decorreu a sessão inicial do curso que contemplará mais cinco sessões.

A sessão de abertura contou com a presença de oradores que procederam às seguintes intervenções: 

  • Referencial Educação para os Media -  DGE - Dr. João Carlos Sousa
  • Educação para os Media - Comissão Nacional da UNESCO - Dra. Paula Ormeche
  • A Maior Lição do Mundo - UNICEF -  Dra. Rosa M.ª Coutinho e Dra. Francisca Magano


As próximas sessões estarão abertas à participação da comunidade educativa:
Sessão 2 – dia 23/10 (18:00-20:00)
José Moura: Professor e Diretor da Biblioteca da FCT: Campus de Caparica.
Desafio dos Media na Educação para a Informação e o Conhecimento.
Entre conversas.
Sessão 3 – 30/10 (18:00-20:00)
Catarina Freitas: Engenheira do Ambiente da Câmara Municipal de Almada.
Desafio dos Media na Educação para o Ambiente e Sustentabilidade
Entre conversas
Sessão 4 – 27/11 (17:30-20:00)
Desafio dos Media na Educação para o Património.
Pedro Maia*: Professor e investigador nas áreas do património.
Entre conversas
Sessão 5 – 13/11 (17:30 -20:00)
Desafio dos Media na Educação para a Interculturalidade.
Madalena Mendes: investigadora na área da cidadania nas políticas educativas.
Entre conversas
Sessão 6 – 20/11 (18:00 - 20:00)
Desafio dos Media na Educação para a Construção da Paz.
Dalila Paulo: psicóloga e investigadora.
Entre conversas

sábado, 26 de setembro de 2015

A Maior Lição do Mundo


A Maior Lição do Mundo é uma iniciativa do Projeto ‘Everyone’ à qual se associam organizações como a UNICEF e a UNESCO, bem como diversas personalidades a nível mundial.

Em Portugal, promovida pelo Comité Português - UNICEF e Direção-Geral da Educação – Ministério da Educação e Ciência,  apresenta os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, às crianças e aos jovens.

A implementação de A Maior Lição do Mundo está prevista para a semana de 28 de setembro a 2 de outubro de 2015, por ocasião da Cimeira da Organização das Nações Unidas sobre a adoção da ‘Agenda pós 2015’, a ter lugar em Nova Iorque, de 25 a 27 de setembro p.f..

Com A Maior Lição do Mundo pretende-se dar a conhecer os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, 2016-2030 (ODS) (1) e encorajar as crianças e os jovens a refletir sobre como podem contribuir para os alcançar.

Para saber mais: http://www.dge.mec.pt/noticias/educacao-para-cidadania/maior-licao-do-mundo-28-de-setembro-2-de-outubro

 Notícia divulgada pelo MEC no site das temáticas da cidadania

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Exposição "Direito à Educação"

Para a abertura de mais um ano letivo, o Centro UNESCO do agrupamento apresenta  uma exposição de cartazes cedida pela Comissão Nacional da UNESCO sobre "O Direito à Educação".



A exposição estará patente no átrio da ESEN, até dia 1 de outubro.
Visita-a!